Pesquisa personalizada

quinta-feira, agosto 07, 2008

Michael Langhi luta o Deep em dezembro

Faixa-preta apenas há seis meses, Michael Langhi (Alliance) já conquistou, este ano, o Paulista, o terceiro lugar no Pan-Americano, o terceiro no Mundial, o Brasileiro e, agora, o Rio Internacional Open, onde finalizou seus dois primeiros adversários e, na final, venceu Rafael Formiga (Soul Fighters) por 6x0. Desta vez, o desafio de Michael é sem quimono, mas não no Mundial que rola esta semana. “Eu não vou para o Mundial No Gi porque estou com uns compromissos aqui no Brasil para lutar no fim do ano no Deep, no Japão, e estou correndo atrás do visto japonês, por isso não vou poder ir ao Mundial No Gi”, revelou Michael, que está planejando a viagem desde o Brasileiro de Jiu-Jitsu.

“Recebi o convite na época do Brasileiro e estamos para fechar neste mês. A gente está esperando o card sair ainda, não sei quem vou enfrentar. O convite começou a ser lançado aos atletas agora, mas já estávamos trabalhando isso por intermédio do Cobrinha desde março”, contou o faixa-preta, que está ansioso para o evento. “As expectativas são as melhores possíveis. Como sempre digo, entro em todas as competições para dar o máximo de mim e ganhar. Estou treinando bastante sem quimono e em três horários: de pano meio-dia, faço uma preparação à tarde e um sem quimono à noite”, contou Michael, que luta o Paulista com quimono.


“Eu vou lutar a próxima etapa do Paulista de quimono e em setembro vou lutar o Paulista sem quimono, para ajudar na minha preparação, e espero fazer uma boa luta”, revelou o atleta. Às vésperas do Mundial No Gi nos Estados Unidos, Michael aposta todas as suas fichas no bom desempenho da Alliance. “A galera está confiante, treinaram muito. O Gabriel Vella foi ontem para os Estados Unidos e a equipe em peso está lá, com o Cobrinha, Lucas Lepri, Tarsys, Bill Cooper”, contou, garantindo que Rubens Cobrinha fará bonito mais uma vez, agora entre os leves.


“Com o Jiu-Jitsu que tem, o Cobrinha vai se dar bem em qualquer categoria. Ele é muito forte para o pena. A gente que treina com ele sabe que ele tem a força de um médio. Ele é muito técnico e acho que isso vai compensar a força, ele vai se dar muito bem, está num momento muito bom na carreira. Conversei com ele estes dias e ele está amarradão, muito focado mesmo”, finalizou.


Fonte TATAME

Um comentário:

lotto numbers disse...

Probably I can say with this blog make, more some interesting topics.